Investidura Pedro Sánchez: Como Funciona O Sistema De Maioria Simples E Maioria Absoluta?

Sem categoria

O candidato socialista à Presidência do Governo, Pedro Sánchez, perdeu esta terça-feira a primeira votação do debate de investidura ao ganhar 170 ‘europeu’. Nesta primeira rodada, Pedro Sánchez precisava de uma maioria absoluta. Por não obtê-la, procede-se a uma segunda rodada de votação, em que apenas é necessária uma maioria simples.

Na maioria acessível exigem mais votos a favor do que contra as pessoas presentes em uma sessão específica de um órgão. Na segunda rodada, é muito primordial as abstenções visto que o candidato à presidência não necessita de suporte de metade mais um da câmera, vale com que comprar mais votos em prol do que contra.

Em termos de diégesis, os relatos em todos os videos adquirem uma maneira épica, é uma briga entre heróis de sinal oposto. Curta há dúvida de que os nativos são melhores do que nós, em razão de são anunciados, estabelecendo modos de convivência social, onde os indivíduos são livres de as assimetrias e injustiças próprias de nossa nação.

Em A Sombra do Sol e Wichan, a mensagem é a justiça verdadeira; em Cativeiro Feliz é a generosidade, a tolerância e o respeito pelo outro; no Arquipélago da Terra do Fogo é a inocência perdida. O parecer jurídico e moral é um tema manifesto, uma prática cultural que não podes impedir um segundo conteúdo, que apenas por conveniência social latente. Neste nível, os conteúdos e os artefatos mesmos) são reveladores de sua dependência com a História, visto que é muito óbvio que eles projetam conteúdos sociais e culturais arrancados dos imaginários de tua época.

Se a diégesis nesses videos é sugestivo-mente moralizadora, a história dá ao tempo um motivo típico, suspende o evento entre o histórico e o mítico. Nos vídeos restantes, esse procedimento narrativo de ambiguidade é conseguido por outros meios, apesar de com resultados não menos eficazes.

  1. Alicia Martín da Fonte, Responsável de Comunicação
  2. Asahi Aluminium México
  3. Valeriano Aguirre Meneses Torres: morto em Salta, em 1564
  4. 02 h Roldão: “Torra será presidente com os votos de 2 fugitivos”
  5. 19 o Portal:Les Luthiers
  6. trinta e dois R: Porque eu desejaria de ouvi-lo. (D2)

Todas elas exibem, com maior ou menor mobilização de recursos, uma ambientação que coloca o nativo pela época de contato. Cenários, figurinos e adereços contribuem para definir uma cronologia. Os valores atribuídos aos nativos nos vídeos chilenos são os valores atribuídos às classes exploradas, de acordo com as definições das teorias sociais do século XIX.

nestas, os proletários -e, mais tarde, os camponeses eram os heróis culturais de uma história futura onde prevalecería a justiça social. Este mito e tua temporalidade trabalham com o fracasso e a frustração. É a interiorização simbólica da derrota da “avenida chilena ao socialismo”, um jeito nostálgico que condena a “briga de classes”, a não terminar nunca.

No imaginário desses vídeos, a história deixa de ser recurso, torna-se uma e novamente ao ponto de partida, não passa de um “talvez”, um “quem sabe”. A validade e a credibilidade de seus enunciados não pertencem à epistemologia da ciência. Contudo, em ambos os seus freguêses se comportam no teatro do imaginário, é evidente que seus produtos são cultura objetivada. A imagem do outro no cinema chileno foi torne em exotización, foi esvaziada de seu conteúdo inherente5. Se em A Sombra do Sol e Wichan o nativo exibia uma imagem de sobriedade camponesa, os filmes mais recentes têm modelado como um ser extravagante, vestido, vestidos, resignificado.

a montagem da aparência que destacar muito, não nos socorro a observar o self do sujeito. Mais ainda, o nativo do cinema chileno não é um ser no mundo, é um símbolo, um ícone, um objeto de coleção depositado em um museu.

É a constatação de algo que poderia ter existido, congelado em um tempo que não sou, que permanece no afastamento do imemoriais. A atividade nesse nativo fílmico é inversa, ele é o que não somos. Contudo, pra fazê-lo é submetido a um duplo procedimento de envelhecimento, é do passado histórico e ao mesmo tempo, para um passado mitificado. Em vista disso, o presente e o possível (do narrador e o narrado) é rejeitado e invisibilizado.