O Banco De Portugal Avaliou As "contas fantasmas" Do Bankia, Segundo Os Peritos 1

O Banco De Portugal Avaliou As “contas fantasmas” Do Bankia, Segundo Os Peritos

Beleza

Houve “uma clara maquiagem contábil” nas contas Externas, apoiado pelo Banco de Portugal e com a “participação” da corporação de consultoria Deloitte. Sendo assim, concluem os peritos judiciais tua investigação do caso Bankia no terceiro e último relatório que entregaram, ontem, o juiz da Audiência Nacional, Fernando Andreu. Em 754 páginas, divididas em 2 relatórios, os peritos judiciais ratificam esse provável “maquiagem”, nas expressões de Busquets Oto, que não hesita em qualificá-la como “um truque contábil”. Esse perito questiona o serviço da Deloitte-auditora das contas Externas – e reconhece que “há evidências que provam a tua participação pela elaboração dos estados financeiros”.

o que É mais, destaca-se “a consequente falta de liberdade” em relação às primeiras contas trimestrais de 2011, antes da saída da Bolsa para a entidade. Busquets critica a atuação da Deloitte e ironiza com o acontecimento de que “as entidades não se tornam inaplicáveis da noite pro dia”.

“Caja Madrid, Bancaja e Banco de Valência foram auditadas sem salvedades pela Deloitte durante vários exercícios, e BFA e Bankia desde a sua criação”, ressaltou o inspetor do Banco de Portugal. “Entidades centenárias de semelhante credibilidade, não se afundam em 6 meses, compreendidos entre o dia 30 de junho de 2011, data de fonte do último parecer limpo, e o 31 de dezembro do mesmo ano”, adverte.

  • Direção criativa — Jackie Murphy
  • 51 Assistência em transformações novas
  • Maquiagem expresso tabela em três minutos
  • três Quais as vantagens de utilizar um organizador de maquiagem
  • Elliott Lanam: assistente
  • dez Roupa interior pra pés

Pela mesma linha se manifesta Sánchez Nogueras em seu relatório. Bankia”, adicionou Sánchez Nogueras. Por esse caso, esse inspector qualificado bem como como “falsas” e que “não refletem a imagem fiel” da entidade das contas reformuladas em maio de 2012 ante o mandato de Goirigolzarri. Os peritos carregam também contra a cúpula do Banco de Portugal que avaliou a operação, dirigido em 2011 por Miguel Ángel Fernández Ordóñez, imputado nesse modo.

Os relatórios de peritos prometem que a comissão executiva do supervisor bancário desoyó avisos de subordinados e tomou decisões que não cumpriram esta norma. A instrução do caso Bankia teve começo em julho de 2012, com trinta e três imputados. Fontes jurídicas apontaram que o modo poderia ser concluído antes do verão.

Numa entrevista com a revista Metro, Gaga falou que o álbum é “uma resposta a numerosas das questões que se faz ao longo dos anos: o que é que te ocorreu na existência? O cenário fundamental do disco sou eu tentando entender como fazer pra viver bem, como eu vivo, como uma pessoa que vive a meio caminho entre a fantasia e a realidade o tempo todo”. “O álbum é o casamento da música com as melodias épicas, me atrevo a narrar até já o metal e o rock ‘n’ roll.