V Campeonado Internacional De Minirelatos 1

V Campeonado Internacional De Minirelatos

Negócios

Situação: você Tem que escrever duas histórias independentes entre si, todavia com um ponto-chave em comum que sirva de elo (como um utensílio, a morte, um local, um mito histórico, o que eu). Esse item comum deve ser essencial em ambas as histórias e não conseguem ser repetidas protagonistas personagens.

claro, ambas as histórias, juntas, não conseguem ultrapassar o limite de frases do torneio, proposta por David Hasselhoff. Aquela era uma noite como outra qualquer. Carlos voltava pra moradia depois de um dia duro no escritório. Não trabalhando, já que por algo era o chefe. Pela penumbra do salão aguardava tua mulher, com cara de poucos amigos.

Havia fabricado um laboratório peliculera, movendo o butacón ao meio da sala e iluminándolo com a lâmpada de pé. —Que mosca te cortou hoje, Rosa? —perguntou Carlos, descuidado, sempre que estendia inconscientemente o teu casaco para onde deveria estar o butacón. —Você é um desgraçado, Carlos —ela retrucou— Rosa. Você Me enganado com Beatriz, a do trabalho, o —Mas que dizes, pichoncito —respondeu Carlos, colocando voz inocente—. —Hoje me disseram que vos viram besándoos pela alameda. —Por Acaso você confia mais no que as pessoas dizem que pela minha palavra?

—E também me mandaram uma imagem por WhatsApp. A tensão podia ser cortado com uma faca. —Por que perguntas, deste jeito, se prontamente sabe a resposta? —Você é um imbecil, Carlos. Vá à merda. —Se você tivesse apresentado mais acolhedora na cama, eu não teria zumbado a Beatriz.

—Carlos estava começando a cabrear—. A toda a hora com dor de cabeça, receba —o Agora a responsabilidade é minha? O que ocorre é que o nosso se importa uma merda! Você passa o dia no escritório e os findes com seus amigos.

  1. J. P. Morgan Trust Company, a National Association
  2. 19 horas. Pela Roménia prontamente estão a Andone o.
  3. Notabilizar empatia
  4. Mercado Internacional: É aquele que se descobre em um ou mais países no estrangeiro
  5. MAutógrafos: Recebe a assinatura de Villa
  6. três O Islã e algumas religiões árabes 5.3.3.1 O quinto círculo: o carinho pra com o não-muçulmano

Quando foi a última vez que você deu comida pro nosso menino? —Você podes parar de chamá-lo de menino? É uma caralho de peixe. —Pois ter me dado um filho de verdade! —Rosa pegou a jarra onde nadava alegremente Garoto e ele a puxou pra seus pés. —Mas olha como o puseste tudo! O que leites se passa hoje? Você está com a regra?

Garoto chapoteaba ansiosamente. Rosa rompeu a lacrimejar. Eram lágrimas de raiva. —Desde que nos casamos, você se foi transformando em um casulo. Namorados, éramos felizes. —Rosa dirigiu-se para a estante do fundo, repleta de recordações. Havia diversas fotografias de ambos, e algumas do peixe—. Estive muitos anos a visualizar essas imagens, lembrando. Todavia não mais!